Contos de Ninar

O amor verdadeiro


Em um lindo castelo moravam um rei, uma rainha e sua querida filhinha: a Princesa Bianca.
Ela foi criada para um dia ser a rainha daquele reino. Era muito bem educada, teve os melhores professores e a cada dia se tornava a moça mais linda e inteligente daquele lugar, portanto era de se esperar que ela fizesse um ótimo casamento, com um rei muito rico e bonito…
Só que não foi bem isso que aconteceu…
Quando Bianca completou 15 anos, seus pais prepararam um grande baile e convidaram todos os príncipes dos reinos vizinhos para conhecerem sua linda princesa.
Ela estava deslumbrante, com um vestido cor de rosa, seus cabelos loiros pareciam raios de sol e seus olhos azuis brilhavam tanto quanto as estrelas do céu.
Todos os príncipes a cortejavam e a tiravam para dançar, deixando-a encabulada com tantos elogios e pedidos de casamento, só que ela começou a se sentir mal com aquela situação e saiu correndo para tomar um ar no jardim.
O príncipe Julian, muito esperto, a seguiu e a tomou em seus braços tentando roubar-lhe um beijo.
Ela ficou assustada e começou a chorar, pedindo que ele se afastasse dela.
Julian ficou se gabando, dizendo que era o melhor partido daquele baile e que ela não encontraria um marido mais bonito e mais rico do que ele.
Mas isso não tinha a menor importância para Bianca, pois desejava se casar por amor.
– Amor? disse Julian – Isso não existe! Casamentos de pessoas da realeza são apenas contratos de interesse. E tentou novamente abraçá-la para firmar o compromisso entre eles.
Eis que neste momento, apareceu Pedro, o filho do cozinheiro real, melhor amigo de infância de Bianca, perguntando se ela estava precisando de ajuda.
O lindo príncipe Julian, olhou para o rapaz com desprezo, se sentindo muito superior a ele, pois se tratava de um simples jardineiro, gordinho e com espinhas no rosto.
Mas aos olhos de Bianca ele era a pessoa mais especial do mundo. Era o amigo mais sincero, fiel e carinhoso que ela tinha, e que ela sempre amou, no fundo do coração.
Então Bianca abraçou Pedro e pediu que a tirasse daquele lugar imediatamente, deixando o arrogante príncipe de queixo caído…
Subiram os dois no cavalo branco do rei e saíram em busca de um abrigo, longe de toda aquela gente que a esperava no baile.
Conversaram a noite toda e, apesar de parecer um sonho impossível, resolveram voltar e contar a todos que iriam assumir seu amor verdadeiro.
No dia seguinte, chegaram diante do rei e da rainha, que estavam super assustados pelo sumiço da princesa, e contaram o que havia acontecido.
Pedro pediu a mão da princesa Bianca em casamento e os empregados que estavam ao redor assistindo aquela cena caíram na gargalhada, até esperando que o rei fosse mandá-lo para a prisão por tanta ousadia.
Mas para surpresa de todos, o rei que tinha um grande coração e conhecia Pedro desde pequeno, pois era filho do seu grande amigo e cozinheiro de confiança, ficou muito feliz e concedeu a mão da sua filha em casamento.
Os dois se abraçaram, se beijaram e choraram de felicidade ao mesmo tempo.
Um ano depois fizeram uma grande festa de casamento, convidando todos os reinos vizinhos para conhecerem os novos rei e rainha daquele lindo castelo: Pedro e Bianca, que com seu amor verdadeiro conseguiram fazer aquele povo crescer e distribuir prosperidade e alegria para todos que passassem por aquele lugar…
Fim…

Sheila Jorge

Comentários