Contos de Ninar

Tem que papar tudinho, viu?

Era uma vez uma linda menininha que pedia muito ao Papai do Céu para lhe dar um irmãozinho.

Tanto pediu, tanto pediu, que Ele trouxe na barriga da mamãe dois maninhos de uma vez, iguaizinhos…

Ela era a princesinha da casa e ajudava a mamãe a cuidar deles: trocava as fraldinhas (que eram muitas!), dava mamadeira, bainho, cantava musiquinhas de ninar, ensinava a falar, a andar e muitas outras coisas…

A cada dia eles cresciam e ficavam mais fofos, mas também muito levados! A irmãzinha, que já estava ficando uma mocinha não aguentava mais tanta bagunça dos meninos pela casa e pediu para a mamãe colocar um desenho para distrair eles, enquanto ela ajudava a dar um jeitinho na casa (só vendo desenho animado que eles ficavam alguns minutos quietinhos…)

Nessa hora, a mamãe aproveitou para colocar a comidinha deles, mas quem disse que eles queriam saber de comer?

E olha que a mamãezinha fazia a comida mais gostosa do mundo, com todo carinho, picava a carninha, tirava os matinhos, amassava os caroços de feijão, mas nem assim eles queriam comer… fechavam a boca de um jeito que nem o Super Homem conseguia abrir!

Nessa hora, ela lembrou de uma historinha que a vovó contava quando ela era criança, de um menininho que não queria comer de jeito nenhum e um dia, quando foi ao parquinho, o cavalinho falou assim com ele:

– Aqui você não anda não, com a barriguinha vazia, vai acabar caindo no chão!

E aconteceu a mesma coisa no carrinho de bate-bate, no aviãozinho e na roda gigante…

O menininho correu chorando pra casa e papou tudinho! Quando voltou ao parquinho, o cavalinho falou com ele novamente:

– Ah! agora sim… com a barriguinha cheia, vai poder andar em mim!

O menininho ficou muito feliz e brincou a tarde toda no parquinho, em todos os brinquedos…

Quando a mamãe acabou de contar essa historinha reparou que o prato dos meninos já estava vazio! Eles tinham comido tudo e a maninha já tinha arrumado a casa todinha…

A mamãe muito orgulhosa, chamou a turminha toda para ir ao parque e eles se divertiram de montão, graças a esta simples historinha que vão guardar pra sempre no coração!

Sheila Jorge

Comentários